Em caso de acidente

Para o condutor

Em caso de acidente, quaisquer que sejam as circunstâncias, mantenha-se calmo e seja cortês:

  1. Se houver somente danos materiais, apresente, espontaneamente, o cartão de seguro e licença de condução e preencha, tranquilamente, mas com todo o cuidado e com o outro condutor, um só impresso de Declaração Amigável de Acidente Automóvel.
  2. Se houver feridos, mesmo que ligeiros, chame a autoridade - G.N.R. ou P.S.P.

Como preencher a Declaração Amigável

No local do acidente:

  1. Utilize um só impresso para o caso de colisão de 2 veículos, 2 impressos para o caso de 3 veículos, etc. Não importa quem fornece ou preenche o impresso. Use uma esferográfica e escreva de forma a que o duplicado fique bem legível.
  2. Não esqueça de indicar o solicitado nas rubricas:
    • 8 - Documento de seguro - Cartão, Certificado ou Carta Verde.
    • 9 - Licença de condução.
    • 10 - O ponto de embate inicial, com toda a precisão.
    • 12 - Com uma cruz (X), todos os quadrados que se apliquem para cada veículo, de entre as várias circunstâncias do acidente e precisar, ao fundo, o número total de quadrados que foram assinalados.
    • 13 - Esquema do acidente (traçado da via, direcção dos veículos, posição no momento do embate, etc.).
  3. Se existirem testemunhas, indique os seus nomes, moradas e telefones.
  4. Assine e faça assinar a declaração pelo outro condutor. Entregue-lhe um exemplar e guarde o outro para si.

Para o Segurado

  1. Complete os elementos necessários para a sua Seguradora, preenchendo a participação de sinistro impressa no verso da Declaração.
  2. Não se esqueça de indicar onde pode o seu veículo ser vistoriado por um perito, se necessário. Para o efeito, contacte a sua Seguradora.
  3. Não altere, em nada, a Declaração Amigável feita pelos condutores.
  4. Remeta, com urgência, este impresso à sua Companhia num prazo Inferior a 8 dias a contar da data da ocorrência. (ver Art° 38° das Condições Gerais da Apólice).

Casos Especiais

  1. Se o outro condutor tiver um impresso de Declaração Amigável semelhante, mas em língua diferente, pode usá-lo, sem receio, levando em conta que os números, num e noutro impresso, são de conteúdo e significado igual, podendo seguir com o olhar o impresso português como tradução correcta das perguntas apresentadas, rubrica a rubrica.
  2. Mas, para participar o sinistro a sua Seguradora, deverá o Segurado utilizar o impresso português (verso da Declaração Amigável) que lhe for fornecido pela sua Companhia, à qual o deverá devolver, com urgência, depois de preenchido e assinado, juntamente com o exemplar da declaração amigável assinado pelos condutores.
  3. Este impresso (frente e verso) servirá, também, para comunicar, à sua Companhia sinistros de que resultem, exclusivamente, danos no veículo seguro.

Imprima estas instruções e guarde-as na sua viatura.

Descarregue aqui a Declaração Amigável e as instruções para a sua utilização.

SoftReady